top of page

Os erros mais comuns de quem participa de Clube de Trocas

Atualizado: 9 de jun. de 2020

Nós temos alguma experiência quanto o assunto é Clube de Trocas e já nos deparamos muitas vezes com os erros que estão listados a seguir. Então se liga nessas dicas, que são preciosas!


Trocar não é descartar!

Muita gente adora participar de um Clube de Trocas, mas com uma péssima mania de achar que irá se livrar das tranqueiras que tem em casa (sim, isso é uma bronca). Mas a primeira regra fundamental é entender a diferença entre trocar peças e descartá-las. Afinal, você provavelmente está participando da troca na esperança de conseguir peças bacanas, né? Então nada mais lógico do que levar apenas o que gostaria de receber! Porém, vale destacar que mesmo que você não fosse receber nada em troca, repassar para alguém algo em péssimas condições não é legal nem empático.


Escolha peças que combinem com o restante do seu guarda-roupa

É muito fácil você se deixar levar pelas peças lindas que vai encontrar no nosso Clube de Troca! Mas cuidado, não é porque você não está pagando por ela que deve pegar por impulso. Devemos exercitar o consumo consciente também na hora de trocar, por isso, uma das melhores formas de você não se arrepender da escolha que fez é considerar o que já tem no guarda-roupa e que realmente combine com seu estilo ;)


Conheça tudo sobre a peça

E além de selecionar peças que componham belos looks com o que já tem em casa, o ideal é conhecer bem a peça que curtiu como, por exemplo, quais suas medidas e se possui alguma pequena avaria. Se possível, também é super válido provar antes de se emocionar e levar embora. Veja o caimento, o conforto e tudo mais que for importante pra que a peça seja de fato útil pra você pelos próximos tempos que passarem juntas. Pode ser que precise de pequenos reparos e você opte por fazer você mesma esses ajustes, mas que essa seja uma decisão completamente consciente, ok?

Se responsabilize pelas peças que não forem trocadas

Alguns Clubes de Troca - eventos presenciais - encaminham as peças que sobrarem para instituições de caridade ou mesmo guardam em um acervo para os próximos clubes. No entanto, não são todos. Os nossos Clubes de Trocas presenciais é um exemplo desses. E é responsabilidade de cada um levar de volta para casa as peças que não forem trocadas.


Pronto, agora você já tem as informações necessárias pra usufruir das trocas da melhor forma possível!

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page